Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘planejamento urbano’

Dias 22, 23 e 24 de abril no Auditório Antonieta de Barros, Assembleia Legislativa.

Público Alvo: Servidores públicos envolvidos nas temáticas Planejamento Urbano e Urbanismo, alunos, professores e pesquisadores das áreas da geografia, psicologia, ciência política, literatura e demais cidadãos interessados.

Objetivo: Reunir diversas áreas do conhecimento, procurando refletir as relações do Território com o Planejamento Urbano e suas questões ambientais.

Informações e inscrições no site da Escola do Legislativo (http://www.alesc.sc.gov.br/escola)

Utilize o e-mail informes.escola@alesc.sc.gov.br para obter ajuda na inscrição.

A Escola do Legislativo “Deputado Lício Mauro da Silveira” está nas Redes Sociais. Cobertura de eventos, divulgação de cursos, reuniões e calendário, tudo estará disponível de forma prática e rápida. Curta e Participe!

Acesse:https://www.facebook.com/escoladolegislativo

Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina – Escola do Legislativo “Lício Mauro da Silveira”
Rua Victor Meirelles, 170 – Centro – Florianópolis/SC
Fone (48) 3221-2828
http://www.alesc.sc.gov.br/escola | informes.escola@alesc.sc.gov.br http://www.facebook.com/escoladolegislativo

Anúncios

Read Full Post »

Olhem que idéia bacana!

IMG_3543

Read Full Post »

Uma ‘boca de lobo’ simples, ecológica, econômica e eficaz. Todas as cidades deveriam utilizá-las, evitando alagamentos e enchentes e preservando as águas pluviais e marítimas.

IMG_3220

Read Full Post »

Para ler ou fazer o download, clique no link abaixo.

manual-de-etiqueta-2012

Read Full Post »

Foi assinado no dia 15/05, no gabinete da Prefeitura, o decreto que cria a comissão para analisar e avaliar o projeto do Parque Linear do Córrego Grande. O novo espaço de lazer, que será integrado as margens do rio Córrego Grande, contará com ciclovia, áreas verdes, parque infantil, quadras esportivas e academias ao ar livre.

A comissão composta por técnicos da prefeitura e representantes da Bacia do Itacurubi, terá o prazo de 90 dias para apresentar os resultados da análise e avaliação técnica do projeto para ser consolidada a criação do Parque Linear.

Na reunião estiveram presentes representantes do Fórum da Bacia do Itacorubi, vereadores, secretario municipal de desenvolvimento urbano, técnicos da prefeitura, vice-prefeito e prefeito.

O secretário municipal de desenvolvimento urbano José Carlos Rauen, parabenizou a iniciativa e esforço da equipe que está à frente desta empreitada. “Por muitas vezes o rio subiu e inundou várias vezes a região. Um córrego sadio e limpo servirá como área de entretenimento, lazer para a comunidade que ali mora”.

Presente também na solenidade, o vice-prefeito, João Batista, enfatizou que a modernidade deve chegar, mas com planejamento. E que a ação deveria estar implantada há muito mais tempo. “A Bacia do Itacorubi tem se tornado uma selva de pedras. A evolução tem que surgir, mas de forma organizada”.

Finalizando o evento, o prefeito Dário Berger, ressaltou que para que seja garantida a qualidade de vida almejada é necessário controlar o desenvolvimento desordenado e o crescimento exagerado. “Uma cidade extremamente habitada é uma cidade com muitos problemas também. Por isso, no novo Plano Diretor da Capital nos preocupamos com a permanência das áreas verdes e com os prédios menos altos”.

Para saber mais, clique aqui.

Read Full Post »

As cidades brasileiras contam com boa cobertura de iluminação pública e de pavimentação, mas problemas como esgotos a céu aberto, lixo acumulado nas ruas e baixa incidência de rampas para deficientes ainda são significativos no país. Os dados constam de mais um recorte do Censo 2010 – Características Urbanísticas do Entorno dos Domicílios, divulgado na sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No levantamento, foram pesquisados 47.264.208 domicílios urbanos no país, onde vivem em torno de 84,4% da população brasileira, de acordo com cálculos do IBGE. Desse total, 96,3% das casas contavam com iluminação pública em sua quadra e 81,7% tinham pavimentação em sua rua. Mas 11% encaravam esgoto a céu aberto e 5% sofriam com lixo acumulado em seu quarteirão. Além disso, a existência de rampas para deficientes era de apenas 4,7% no entorno dos domicílios pesquisados pelo IBGE.

Segundo a pesquisadora Daléa Soares Antunes, a iluminação pública é a característica urbana mais disseminada em todas as regiões, entre as pesquisadas pelo instituto. A maior ou menor incidência das outras características oscila de acordo com outros fatores, como renda. “Não queremos dizer que obras importantes de infraestrutura urbana sejam feitas mais frequentemente onde os ricos moram; e sim que as pessoas com renda maior escolhem os melhores lugares para morar”, afirma. (Valor, 28/5)

Read Full Post »

Read Full Post »

Older Posts »